Cavalo vítima de maus tratos em Passo Fundo




Na tarde de ontem, uma cena lamentável envolvendo um cavalo de carroça, foi presenciada por quem passava pela rua Morom esquina com a rua XV de Novembro. Um cavalo de pequeno porte não agüentando o peso da carroça que tracionava, cheia de lenha, caiu em plena rua. Populares que passavam pelo local se sensibilizaram com o sofrimento do animal e acionaram a Secretaria do meio Ambiente. O dono do animal ao se deparar com a fiscalização tentou fugir com o animal, mas foi interceptado pela equipe na rua General Osório esquina com a Sete de Setembro. O animal foi apreendido e encaminhado ao hospital veterinário da UPF, para atendimento médico explica a presidente do Capa Zulma Marques.

A carroça também foi apreendida e o dono do animal vai responder por maus tratos.

A pergunta que fazemos é até quando esses animais que são os maiores companheiros dos gaúchos, vão continuar sendo tratados como escravos?

7 comentários:

Cláudia Cano disse...

Nossa coitadinho do animal depois me criticam quando as vezes digo q gosto mais dos animais do que de certas pessoas.

Renata disse...

não posso nem ver maus tratos com animais, cuido mais dos animais do que de seres humanos, pqe os seres humanos sabem se defender mas o animais não!

cleusa disse...

Eu desejo a morte para esse retardado mental é esse animal que traz sustento para sua familia e ele continua maltratando.

* Bianca disse...

Eu quero que quem maltratou esse animal pague pois o pobre bichinho não sabe se defender e se batessem nele (pessoa que maltratava o pobre cavalo), daquele jeito e ele não pudesse se defender quero ver se ele ia gostar, essa pessoa não tem noção do que fez a pessoa que fez isso não e digna de respeito.
Eu posso ser pequena uma simples menina mas pelo menos sei respeitar as pessoas e principalmente os animais, fica aqui o meu comentário sincero e de coração.
Gente vamo se liga!!!!!

Devemos respeitar para receber respeito de volta, e se um dia eu ver alguém fazendo isso pode esperar que vai ter o que merece.

Aqui fica também o meu pedido de respeito aos animais eles não falam e não se defendem mas nem por isso devemos trata-los mal.

* Bianca disse...

Eu quero que quem maltratou esse animal pague pois o pobre bichinho não sabe se defender e se batessem nele (pessoa que maltratava o pobre cavalo), daquele jeito e ele não pudesse se defender quero ver se ele ia gostar, essa pessoa não tem noção do que fez a pessoa que fez isso não e digna de respeito.
Eu posso ser pequena uma simples menina mas pelo menos sei respeitar as pessoas e principalmente os animais, fica aqui o meu comentário sincero e de coração.
Gente vamo se liga!!!!!

Devemos respeitar para receber respeito de volta, e se um dia eu ver alguém fazendo isso pode esperar que vai ter o que merece.

Aqui fica também o meu pedido de respeito aos animais eles não falam e não se defendem mas nem por isso devemos trata-los mal.

Débora Melo disse...

Até que ponto chega um ser humano!
“ A grandeza de uma nação e seu progresso moral podem ser julgados pelo modo como seus animais são tratados (Gandhi)”

C&G disse...

ver essa imagem é lamentável, dói muito. Como pode um ser humano ser capaz de tamanha brutalidade perante um ser indefeso?

Como na música “Quando Um Mata Mas os Dois Morrem” (Lisandro Amaral):

“O pecado sugerido é ter nascido cavalo
É saber que a humanidade o chama de irracional
Ser taxado de animal por quem rouba, estupra e mata
Sem ter desculpa maior que uma mente racional
Dizem que bicho não pensa
Mas homem será que sim?”